Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

A feitiçaria e os curandeiros.

Nem acreditei no que estava a ouvir hoje, na paragem, enquanto esperava pelo autocarro.

Chegou uma moça africana depois de mim que se sentou ao meu lado e cujo telemóvel, minutos depois, tocou. Obviamente que eu ouvi a conversa toda, uma vez que a moça - de cerca de 20 anos - estava mesmo coladinha a mim.

 

A conversa dela começa com uma resposta ao outro lado em que dizia "disse para comprar uma galinha que depois faz alguma coisa". E repetiu esta frase várias vezes. embora não tivesse a perceber nada, fiquei com a pulga atrás da orelha.

 

A conversa prosseguiu: "vou lá amanhã... compro lá a galinha e ele leva mais 15 euros... (silêncio) O peito e a barriga continuam inchados e ele diz que deve ser problema de útero ou de ovário..."

Foi nesta altura que tive um "click" e que me fez perceber o contexto da conversa. A moça continuou a conversar, repetiu a história da galinha e do dinheiro e acrescentou que a tal pessoa depois ainda fazia um reza.

 

A minha alma estava parva1 como é possível que uma moça nova, supostamente mais esclarecida do que uma mulher mais velha, acredite que uma curandeiro consiga tratar do seu problema com feitiçaria, com rezas e sacrifícios de galinhas? Ah e ainda por cima cobrar 15 euros!

 

Mas que esperto que o curandeiro é: além de lhe pagarem a galinha que vai ser comida a uma qualquer refeição, fazer uma reza que dá para todos os trouxas que cairem na sua lábia, ainda cobra 15 euros! Já repararam que se tiver um "cliente" por dia, ao fim do mês obtém um lucro de 450 euros sem o menor esforço, apenas enganado os mais ingénuos?

 

Ó valha-me santa ignorância, que anda a alimentar os espertos deste mundo!